Maca Peruana, Tesouro Andino

Hoje, este precioso tubérculo dos nativos, causa um rebuliço em todo o mundo e permanece sob a lupa dos cientistas por suas propriedades revigorantes e afrodisíacas.

Muito perto do céu, com mais de quatro mil metros de altura, a maca é cultivada nas terras altas dos Andes.
Existem vegetais com propriedades tão impressionantes para se adaptar e sobreviver em climas inóspitos. Essas plantas são chamadas de adaptógenos a são na sua grande maioria medicinais. por seus princípios ativos, ajudam o ser humano a enfrentar situações de estresse, internas ou externas, permitindo que o organismo permaneça em equilíbrio.

A maca peruana é uma delas: um energizador natural, um poderoso tônico que melhora o desempenho físico de maneira inespecífica. Ou seja, fortalece o sistema imunológico e aumenta a capacidade cerebral, afetando positivamente o estado geral do organismo. E tem suas razões: é cultivada e vive entre 4 e 5 mil metros de altitude nos Andes centrais do Peru, com temperaturas variando entre 20 e 25 graus abaixo de zero, dependendo da hora do dia e da época do ano.

Melhora a fertilidade?

Somente nos Estados Unidos, estima-se que sete milhões de homens tomam regularmente. Quantos milhões, em todo o mundo, optariam por sua versão natural, a maca peruana? A indústria farmacêutica toma nota dos dados e existem vários estudos em andamento sobre o pequeno tubérculo que se reproduz nos altos picos de gelo.

Graças a sua fama, vários suplementos, como é caso do Xtrasize, contêm em sua composição a Maca Peruana. Compre seu Xtrasize na Lola Farmácia Online.

Fatos importantes da Maca

Seu nome botânico é lepidium perubiani ou Meyenii Walp. É uma planta herbácea (da família da cenoura, rabanete, nabo) cuja raiz é um tubérculo, um bulbo semelhante à batata em sua aparência. No Peru, essa raiz sempre foi dissecada e é usada na preparação de diferentes alimentos. Nos mercados peruanos são oferecidos doces, doces, xarope, geléia, vinho e maca.

A maca atua no sistema circulatório, no fígado, no sistema urinário e na pele. Também tem efeitos no sistema reprodutivo, metabolismo e sistema nervoso. É um emético eficaz (vomitivo) e vermífugo (ataca parasitas).

Estudos nutricionais químicos indicam que é composto por 10% de proteína, 7,97% de gordura, 6,14% de fibra, 81% de açúcar, 4,5% de sais minerais (incluindo cálcio, ferro, fósforo).

Entre outros, possui vitamina B1, B2 e C.

Hoje, a maca é comercializada como um suplemento dietético e na forma de cápsulas contendo extrato vegetal seco.

Além do local, os mercados mais importantes são a Europa e os Estados Unidos.

Comparada ao ginseng, o tônico natural por excelência mais consumido no mundo, a maca tem a mesma propriedade em termos de estimular o corpo e melhorar o desempenho.

Ele age como um tônico porque melhora todas as funções do organismo, causando um melhor uso da glicose, o valor energético que nosso corpo tem para funcionar, tanto no cérebro quanto fisicamente. Maca facilita o uso, a entrada de glicose para as células, em uma situação que requer energia.

Outro dos princípios ativos comprovados da maca são suas virtudes como adaptógeno. E a esse respeito, o especialista esclarece que é um “nivelador de estresse, pois atua na glândula pituitária, no hipotálamo e na glândula adrenal que produz a famosa adrenalina. A maca nivela a produção de adrenalina. Isso facilita uma melhor adaptabilidade a situações estressantes e a maca ajuda a equilibrar a geração de adrenalina, o hormônio que acende o alerta para lutar ou fugir.

Conclusão

Está totalmente demonstrado que a maca é um estimulante tônico, restaurador e eficaz. E quanto às suas propriedades como afrodisíaco e potencializador do sistema reprodutivo, elas ainda estão em estudo.