Como montar rotina de cuidados para pele

Como montar rotina de cuidados para pele: Aprenda a identificar o seu tipo de pele e descubra quais são os cuidados ideais para ela!

Manter a sua pele saudável requer uma rotina de cuidados. É comum que muitas pessoas comprem diversos produtos, seja pelo seu sucesso ou para testar na pele, e acabem gostando ou odiando. O que é pouco falado é que, para acertar na escolha, você precisa conhecer mais sobre a sua própria pele.

Por isso, antes de você encher a sua necessaire de skincare com diversos produtos que você ainda não conhece somente para testar, atenção! É importante que você descubra quais são os tipos de pele que existem, para aprender a identificar em qual delas a sua se encaixa.

Uma vez que você sabe qual é o seu tipo de pele, fica ainda mais fácil mantê-la com brilho e reluzente, além de saber como montar rotina de cuidados para pele. Isso porque será mais fácil comprar os sabonetes e os cremes compatíveis com a sua pele, por exemplo. Mas nem só de produto correto é necessário: a constância no tratamento é essencial!

Como montar rotina de cuidados para pele

Com isso tudo em mente, você consegue montar uma rotina de skincare ideal para o seu tipo de pele. Quer saber mais sobre cuidados com a pele? Confira abaixo!

Qual é o seu tipo de pele?

Como explicamos acima, a melhor maneira de saber como montar  rotina de cuidados para pele é descobrindo qual é o tipo dela: normal, seca, mista ou oleosa.

Abaixo você confere as principais características de cada um desses tipos.

  • Pele normal

A pele normal apresenta uma textura saudável e aveludada. Além disso, ela produz gordura em uma quantidade ideal — ou seja, não há excesso de brilho e nem ressecamento. Por isso, ela normalmente pode apresentar poros pequenos e pouco visíveis.

  • Pele seca

Já a pele seca é caracterizada pela perda de água em excesso. Isso faz com que ela tenha pouca luminosidade, podendo descamar e apresentar tons de vermelho. Além disso, é comum que ela tenha linhas finas e fissuras.

Suas principais causas podem ser os fatores genéticos e hormonais ou as questões do ambiente, por exemplo. O inverno, o vento e o sol contribuem para essa característica. Os banhos demorados com água quente também podem contribuir para o ressecamento.

  • Pele oleosa

Por outro lado, a pele oleosa é mais brilhante e espessa, já que produz uma quantidade de sebo maior que o normal. Os fatores hormonais e genéticos também contribuem para esse tipo de pele, assim como o sol em excesso, estresse e alimentos gordurosos. Esse tipo de pele tem poros dilatados e maior tendência à formação de cravos, espinhas e acne.

  • Pele mista

Por fim, a pele mista é uma das mais frequentes. Nela, a oleosidade e os poros dilatados se encontram na “zona T” (testa, nariz e queixo), enquanto as bochechas e extremidades são secas.

Como montar rotina de Skincare?

Agora que você já sabe qual é o seu tipo de pele, você já consegue identificar melhor as suas características. Com a ajuda de um dermatologista, será mais simples ainda determinar quais produtos serão corretos para você utilizar e alcançar os resultados que está buscando para uma pele lisinha.

Confira abaixo quais são os passos principais que devem estar presentes na rotina de cuidados diários com o seu rosto.

  • Higienização

O primeiro passo da sua rotina é a limpeza. É importante higienizar a pele para remover todas as sujeiras que se acumularam durante o dia, além de remover resíduos de oleosidade, células mortas e a maquiagem. O ideal é que você limpe o rosto duas vezes ao dia, sendo a primeira ao acordar e a segunda ao se deitar.

  • Hidratação

Após a higienização, chegou a hora de hidratar. Essa etapa é importante, pois atua na reposição da água na sua pele. Todos os tipos de pele devem ser hidratados, da seca à oleosa. É por isso que, para cada tipo de pele, existe um hidratante diferente.

  • Proteção solar

Por fim, mas uma das etapas mais importantes, está a proteção contra os raios solares. O protetor deve ser aplicado diariamente, mesmo dentro de casa. Ele previne de problemas provocados pela exposição sem proteção, como câncer de pele, envelhecimento precoce, queimaduras solares, pintas e manchas, por exemplo.